Uso contínuo de telas em confinamento gera aumento de problemas oculares

De acordo com a professora titular de Oftalmologia da Unicamp (Universidade de Campinas), Keila Monteiro de Carvalho, os problemas mais frequentes são a astenopia (cansaço visual), o olho seco e o estrabismo no caso dos mais jovens. De acordo com a professora titular de Oftalmologia da Unicamp (Universidade de Campinas), Keila Monteiro de Carvalho, os problemas mais frequentes são a astenopia (cansaço visual), o olho seco e o estrabismo no caso dos mais jovens. A epidemia da Covid-19 gerou impactos indiretos na saúde da população. Com o confinamento e a generalização do home-office, o tempo passado nas telas, sejam celulares, tablets ou computadores, cresceu. Neste contexto pandê...

Veja mais em https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/rfi/2020/06/02/uso-continuo-de-telas-em-confinamento-gera-aumento-de-problemas-oculares.htm

Vídeo

Na Mídia

Contatos

Unidade I - São Paulo - R. Capote Valente,432 - cj 155 - CEP 05409 001 - Fone: 11 3064 6944 ou 3068 8671 - email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Unidade II - Piracicaba - Av. Independência, 45 - CEP 13400 560 - Fone: (19) 3422 4744 - (19) 98144 0212 email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.